Prêmio internacional do Criança Feliz também teve como base experiências de equipe do MS

Categoria: Novidades | Publicado: quinta-feira, setembro 12, 2019 as 08:50 | Voltar

Campo Grande (MS) - O WISE Awards da Cúpula Mundial de Inovação para a Educação, prêmio concedido ao Ministério da Cidadania pelo êxito no Programa Criança Feliz, teve como base inicial experiências desenvolvidas no Criança Feliz de MS, conduzido pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast).

Conforme informações da coordenadora do programa no Estado, Edna Bordon, durante o ano de 2018 a equipe estadual do Programa Primeira Infância no Sistema Único de Assistência Social (SUAS) – Criança Feliz, incluiu na carta de cursos da Escola do SUAS MS “Mariluce Bittar”, o processo de Educação Continuada para as equipes de coordenadores e supervisores municipais, considerando a interface do programa com a Proteção Social Básica e a Proteção Social Especial, além de trabalhar sob a ótica de um dos pilares do programa que é a intersetorialidade.

“Foram realizados quatro encontros de educação continuada, totalizando 40h. A equipe do Criança Feliz em MS também construiu o processo metodológico para o monitoramento in loco, além do instrumental para levantamento das informações. Mato Grosso do Sul foi o Estado pioneiro também na inclusão do público prioritário do programa que ainda não tinha uma metodologia de abordagem, que são crianças de zero a três anos afastadas do convívio familiar em razão de medida protetiva. Neste sentido elaborou um projeto piloto para intervenção em unidade de acolhimento, que serviu como modelo base para o governo federal iniciar as discussões nesse sentido”, completou a coordenadora.

Em Mato Grosso do Sul 26 municípios estão executando o Programa Primeira Infância no SUAS. De janeiro a julho deste ano foram realizadas mais de 58 mil visitas domiciliares, sendo uma média de mais de 8,2 mil visitas mensais.

A implementação do atendimento direto com crianças nas unidades de acolhimento, e que leva o nome de Intervenção na Unidade de Acolhimento – (UAI Bebê), em parceria com o município de Campo Grande, também trouxe recentemente técnicos do governo federal ao Estado.

Os vencedores do WISE Awards foram escolhidos por suas soluções inovadoras para os desafios da educação e pelo impacto social alcançado e irão receber oficialmente o prêmio em novembro. A iniciativa brasileira foi premiada juntamente com outros cinco projetos de outros países.

Criança Feliz

O programa é coordenado pelo Ministério da Cidadania por meio da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social. Ele atende gestantes e crianças de até três anos do Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal, e de até seis anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). O programa integra ações nas áreas da saúde, assistência social, educação, justiça, cultura e direitos humanos.

Leomar Alves Rosa – Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast)

Foto capa: Rafa Zart/Ministério da Cidadania

Publicado por: Leomar Alves Rosa

 

 

 

 

Publicado por: shirokawa@sedhast.ms

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.